Será que vai dar certo? Comece pequeno e escale! Conheça a história da Isabella, da The Brownie Shop

Se você nos acompanha por aqui, sabe que somos grandes defensoras de começar pequeno e escalar.

A maior furada que você pode fazer é investir muito em um negócio sem antes testar se tem mesmo público para ele, se o mercado é quente, se seu produto tem aceitação.

Falamos disso aqui, aqui e aqui.

Não faltam exemplos de empresas pelo mundo que começaram pequenas e viraram gigantes.

O próprio Facebook, que começou despretensiosamente no quarto da faculdade do Mark Zuckerberg, ou mesmo a Microsoft, que começou na garagem do Bill Gates. No Brasil, temos a Magazine Luiza, que era uma lojinha no interior de SP, e também a Dudalina, que começou no quarto dos filhos da Dona Adelina.

Mas hoje vou contar a história da Isabella Delorenzo, da The Brownie Shop.

Quando iniciou seu negócio, em 2009, ela decidiu montar um e-commerce. Assim, ela economizaria com os custos de montagem de uma loja física. Ela não sabia se o seu negócio daria certo: ela estava começando. Hoje os brownies são uma febre no Brasil, mas ela foi pioneira – e, como tal, não tinha como saber se daria certo ou não.

Agora vamos nos colocar no lugar dela. Imagina começar um e-commerce em 2009. Hoje em dia ainda existe certa desconfiança em comprar pela internet, ainda mais comida fresca. Imagina em 2009! Ainda assim, ela optou por começar com um formato em que ela não tivesse custos.

E ela foi duplamente inteligente.

Porque esse formato, além de permitir que ela economizasse, dava muito mais visibilidade ao negócio dela.

Ela fez um ótimo trabalho de base. Fez um bom trabalho de marketing digital, criou estratégias inteligentes de logísticas e gerenciamento, e seu negócio começou a crescer. Com o crescimento, aí sim seu negócio começou a se capitalizar. E com os próprios lucros do negócio ela montou seu ateliê, e logo na sequência partiu para as lojas físicas.

Que tal pensar como a Isabella?

Que estratégias você pode pensar para também reduzir os custos e começar seu negócio menor, para depois ir crescendo com os próprios lucros do negócio?

Assim você reduz substancialmente seus riscos e aumenta suas chances de sucesso!

Que tal pensar nisso?

Será que vai dar certo? Comece pequeno e escale! Conheça a história da Isabella, da The Brownie Shop

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.